Search
Search
Search
Close this search box.

Acesso ao crédito por sobreviventes de cancro

O Parlamento Europeu aprovou uma directiva relativa aos contractos de créditos ao consumidores que contém uma recomendação que visa proteger os sobreviventes de cancro de práticas discriminatórias.
Recordamos que, em Portugal, o direito ao esquecimento já está previsto na lei que entrou em vigor no início de 2022 ( Lei n.º 75/2021, de 18 de Novembro) mas que ainda não está regulamentada. Esta situação continua a dificultar o acesso ao crédito que requer seguros de vida a sobreviventes de cancro pediátrico. Margarida Cruz, directora-geral da Acreditar, explica o que está em causa em entrevista à Antena1, entre os 2’58’’ e 5’04’’.

NEWSLETTER ACREDITAR

  • as últimas noticias sobre a Acreditar e Oncologia Pediátrica;
  • oportunidades para fazer a diferença na vida das crianças com cancro.
* Campo Obrigatórios

Ao subscrever está a aceitar a Política de Privacidade da Acreditar. Damos muito valor à sua privacidade e por isso garantimos a confidencialidade dos seus dados.

Damos valor à sua privacidade

Ficha de Inscrição para Sócio