Search
Search
Search
Close this search box.

O que pensam os nossos mecenas

Com a colaboração da Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra, em Abril de 2023 questionámos os doadores particulares sobre a sua relação com a Acreditar e como esta poderá ser potenciada. Recebemos 482 respostas e das várias conclusões retiradas, destacamos:

  • Perfil dos doadores: são sobretudo mulheres (70%) entre os 31 e os 60 anos (67%), residentes em Lisboa (38%) com licenciatura ou mais estudos (71%), a trabalhar (71%) e com filhos (73%);
  • Relação com a Acreditar: A maioria já fez mais do que um donativo à Acreditar (78%) e 37% fá-lo uma vez por ano, sobretudo porque: admiram o trabalho da Acreditar (71%), apoiam este tipo de associações (40%) e têm/tiveram um familiar com doença oncológica (37%);
  • Como avaliam a comunicação da Acreditar: a maioria (78%) está muito satisfeita mas 2% diz estar muito insatisfeito. A maioria das pessoas quer ser informada sobre o que a Acreditar faz, sobretudo nas Casas.
  • Sugestões de melhoria da comunicação: utilização das redes sociais, televisão (em publicidade e programas), rádio, influenciadores e visitas às escolas. Sugere-se a partilha de testemunhos que “toquem” as pessoas e artigos sobre a oncologia pediátrica.

NEWSLETTER ACREDITAR

  • as últimas noticias sobre a Acreditar e Oncologia Pediátrica;
  • oportunidades para fazer a diferença na vida das crianças com cancro.
* Campo Obrigatórios

Ao subscrever está a aceitar a Política de Privacidade da Acreditar. Damos muito valor à sua privacidade e por isso garantimos a confidencialidade dos seus dados.

Damos valor à sua privacidade

Ficha de Inscrição para Sócio